Educação Especial e Inclusão: Duas faces de uma mesma moeda

0

LUÍS DE MIRANDA CORREIA

Professor Catedrático Emérito, Universidade do Minho

Resumo: O conceito de inclusão não pode, nem deve, arredar-se muito do objectivo que lhe deu origem, o atendimento educacional a alunos com NEE, efectuado nas escolas das suas residências e, “sempre que possível” nas classes regulares dessas mesmas escolas, correndo o risco, se o fizer, de ver uma percentagem significativa de alunos com NEE a mergulhar nas águas do insucesso. Este artigo pretende sublinhar isso mesmo, apresentando um conjunto de questões que, de alguma forma, se prendem com uma única preocupação: a de se encontrarem respostas eficazes para os alunos com NEE, contribuindo, em muito, para este fim, os serviços de educação especial.

Abstract: The concept of inclusion cannot, and should not, place itself very far from the goal that originated it: the construction of educationally sound answers to the students with special needs in their neighborhood schools. Otherwise, a significant percentage of these students will probably experience failure. This article underlines this preoccupation. It attempts to demonstrate, through a series of questions, that in order to answer to the specific needs of students with special needs it is necessary to consider the services and supports of special education.

 

 

Para ter acesso ao texto completo faça o download

 

©2004, Revista Inclusão. Autorizada a publicação.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone
Partilhe!

Comentários encerrados